Tilápia no papillote

15 de Março de 2016 , In: nerdsinlove , With: No Comments
0

Hoje é dia de tilápia no papillote!

1168711_1102144133169100_2014593335_n

Ah, você não sabe fazer? É só temperar ao seu gosto (na foto tem alho poró, cebolinha, coentro, sal rosa, limão, coloral e pimenta do reino), embrulhar no papel alumínio e levar ao forno. Sem muita sujeira, super fácil e fica uma delícia!

Olha só:

“A técnica do papillote, em que um alimento embalado em um papel é cozido no seu próprio vapor, permite preparar de itens delicados, como peixes e cogumelos, até carnes e massas.Essa técnica (na Itália conhecida como al cartoccio) de preparar um alimento sem dispersão de aromas já foi usada em várias culturas, lembra o escritor Saul Galvão no livro A essência do sabor – cozinhando com papel alumínio, da editora DBA. Ele cita o caso dos peixes assados em folhas de bananeira, o frango assado envolto na bexiga do boi (um prato francês) e o chinês frango do mendigo (em folha de bananeira e na farinha).

A principal característica do papillote, explica o chef Augusto de Carvalho, dos restaurantes do Bourbon Curitiba Convention Hotel, é que ele preserva a essência do alimento, pois impede a perda de umidade. O charme fica por ponta de poder levar o papillote à mesa e abrí-lo na hora de servir para que todo o aroma contido em seu interior seja liberado e aguce o paladar.Carvalho ensina que é possível usar papel manteiga, alumínio ou até celofane (não há diferença de cozimento entre os três tipos de papéis).

Dependendo do item a ser cozido não é necessário nem usar azeite ou caldos. “No caso da carne de porco – picanha ou mignon – dá para dispensar a manteiga ou azeite porque ela já tem sua gordura própria”, explica.Com legumes, se a opção for por algo mais leve, o ideal é usar o azeite de oliva. Mesma coisa no caso dos peixes. A comida japonesa combina com molhos como o shoyo ou o tarê. “Só não exagere para não mascarar o sabor do prato”, diz Carvalho.” Fonte: bomgourmet

Beijo da nerd <3

There are no comments yet. Be the first to comment.

Leave a Comment

nerdsinlove

sobre a vida, o universo e tudo mais

Eu sou a mahrcinha, mãe e nerd em tempo integral. Esse blog foi criado em 2008 e de lá pra cá ele passou por muitas mudanças, assim como a minha vida. Por isso aqui compartilho um pouco de tudo :)

siga no instagram