Sobre o tal Método Montessori

8 de Fevereiro de 2016 , In: Vida, universo e tudo mais , With: 4 Comments
0

Se você é pai/mãe ou tem contato com algum, então já deve ter ouvido pelo menos 1 vez na vida sobre “método montessori“, certo? Mas você sabe o que é? Dá a mão que eu te explico bem rapidinho.

Tudo começou com Maria Montessori, que foi uma educadora, médica e pedagoga. Ela criou um método educativo que é muito usado hoje em dia em escolas no mundo inteiro, o tal “método montessori” (ou “montessoriano“).

O que é Método Montessori?

Método Montessori é o nome que se dá ao conjunto de teorias, práticas e materiais didáticos criado ou idealizado inicialmente por Maria Montessori. De acordo com sua criadora, o ponto mais importante do método é, não tanto seu material ou sua prática, mas a possibilidade criada pela utilização dele de se libertar a verdadeira natureza do indivíduo, para que esta possa ser observada, compreendida, e para que a educação se desenvolva com base na evolução da criança, e não o contrário.

 

Pronto, agora que você já sabe um pouco sobre o assunto, deixa eu mostrar os…

5 pilares educacionais de Montessori

  1. Autoeducação seria a capacidade inata da criança para aprender. Por compreender que a criança deseja absorver e compreender a realidade que a circunda, e que por isso a criança a explora, investiga e pesquisa, o método Montessori proporcionaria um ambiente adequado e materiais interessantes para que a criança possa se desenvolver por seus próprios esforços, no seu ritmo e seguindo seus interesses.
  2. Educação Cósmica é uma maneira de organizar o conhecimento. De acordo com este princípio, o educador deve levar o conhecimento à criança de forma organizada – cosmos significa ordem, em oposição a caos -, estimulando sua imaginação e evidenciando que tudo no universo tem sua tarefa e que o ser humano deve ser consciente de seu papel na manutenção e melhora do mundo.
  3. Educação como Ciência é a maneira de compreender a criança e o fenômeno educativo de acordo com Montessori, e defendida pela ciência de hoje. Em Montessori, o professor utiliza o método científico de observações, hipóteses e teorias para entender a melhor forma de ensinar cada criança e para verificar a eficácia de seu trabalho no dia a dia.
  4. Ambiente Preparado é o local onde a criança desenvolve sua autonomia e compreende sua liberdade em escolas e lares montessorianos. O ambiente preparado é construído para a criança, atendendo às suas necessidades biológicas e psicológicas. Em ambientes preparados encontram-se mobília de tamanho adequado e materiais de desenvolvimento para a livre utilização da criança.
  5. Adulto Preparado é o nome que se dá, em Montessori, para o profissional que auxilia a criança em seu desenvolvimento completo. Esse adulto deve conhecer cientificamente as fases do desenvolvimento infantil e, por meio da observação e do domínio de ferramentas educativas de eficiência comprovada, guiar a criança em seu desabrochar, de forma que este se dê nas melhores condições possíveis.
  6. Criança Equilibrada é qualquer criança em seu desenvolvimento natural. Por meio da utilização correta do ambiente e da ajuda do adulto preparado, as crianças expressam características que lhes são inatas. Entre outras, encontram-se o amor pelo silêncio, pelo trabalho e pela ordem. Todas as crianças nascem com estas características e as desenvolvem melhor entre zero e seis anos.

maria_montessori_nunca_ajude_uma_cria_ol

Eu adoro esse método e claro que ele não é lei absoluta aqui em casa, mas sempre gosto de voltar a ler sobre os princípios para melhorar minhas atitudes como mãe. Por falar nisso, olha só os…

15 mandamentos de Maria Montessori para os pais

  1. Lembre-se sempre de que a criança aprende com o que está ao seu redor. Seja seu melhor modelo.
  1. Se você critica muito o seu filho, a primeira coisa que ele aprende é julgar.
  1. Por outro lado, se você o elogia regularmente, ele vai aprender a valorizar.
  1. O que acontece se você mostrar a sua hostilidade à uma criança? Ela vai aprender a brigar.
  1. Se for ridicularizada com frequência, a criança se tornará uma pessoa tímida.
  1. Ajude seu filho a crescer se sentindo seguro em todos os momentos, e ele aprenderá a confiar.
  1. Se você menospreza o seu filho frequentemente, um sentimento muito negativo de culpa irá se desenvolver nele.
  1. Faça seu filho ver que as ideias e opiniões dele são sempre aceitas, assim, ele se sentirá bem consigo mesmo.
  1. Se a criança vive em uma atmosfera onde se sente cuidada, integrada, amada e necessária, aprenderá a encontrar o amor no mundo.
  1. Não fale mal de seu filho nem quando ele está perto e nem quando está longe.
  1. Concentre-se no fato de que seu filho está crescendo e se desenvolvendo da melhor forma possível. Valorize sempre o lado bom da criança, para que nunca haja espaço para o mal.
  1. Sempre ouça ao seu filho e responda quando ele se aproximar de você com uma pergunta ou um comentário.
  1. Respeite seu filho, mesmo que ele tenha cometido um erro. Apoie-o e corrija-o, agora ou talvez um pouco mais tarde.
  1. Você deve estar disposto a ajudar seu filho se ele estiver a procura de algo, mas também deve estar disposto a deixá-lo encontrar as coisas sozinho.
  1. Quando falar com o seu filho, faça-o sempre da melhor maneira. Ofereça a ele o melhor que há em você.

Fonte: larmontessori.com | amenteemaravilhosa.com

Legal, né? Tem tanta coisa pra falar sobre esse método que não caberia em um post, então volto outro dia pra falar mais sobre ele! Combinado?

Gostou do texto? Então deixe sua opinião nos comentários aí embaixo 🙂
Fazendo isso, você me incentiva a escrever mais e também ajuda a deixar esse post mais completo para as pessoas.

Beijo da nerd <3

    • Majô
    • 9 de Fevereiro de 2016
    Responder

    Muito legal! Um orgulho ver você como mãe. Essa minha pipoquis tem todo o potencial pra transformar esse mundo em um mundo melhor.
    Amo vcs :*

      • mah
      • 11 de Fevereiro de 2016
      Responder

      Obrigada <3 <3 Saudades! :*

  1. Responder

    Olá,
    Queria saber se você já experimentou outros carregadores e viu grande diferença desse para outras marcas. Estou muito tentada a comprar um, principalmente pelo fato do bebe nao precisar sentar pra ficar nele, mas a alta do dolar ta me fazendo pensar mil vezes antes de tomar a decisao, rs.
    Beijos e obrigada : )

      • mah
      • 8 de Março de 2016
      Responder

      Oi Juliana! Acabei de responder seu comentário lá no post sobre o Ergobaby!

      Beijo!

Leave a Comment

nerdsinlove

sobre a vida, o universo e tudo mais

Eu sou a mahrcinha, mãe e nerd em tempo integral. Esse blog foi criado em 2008 e de lá pra cá ele passou por muitas mudanças, assim como a minha vida. Por isso aqui compartilho um pouco de tudo :)

siga no instagram