Não sei vocês, mas nós adoramos misturar moderno com toques antigos na decoração.

Por exemplo, olha só como é o telefone da nossa casa:

Ele foi dos meus tios por uns 30 anos e eles, sabendo que procurávamos um telefone antigo assim para nossa casinha, nos deram de presente <3

 

Existem pessoas que misturam moderno com antigo por puro gosto pessoal mesmo (como nós!) e os que simplesmente não conseguem deixar para trás determinado objeto que os acompanha há anos.

Por isso, separei 22 ideias com releituras de móveis e eletrodomésticos de uma forma moderna e criativa =]

Olha só:

A harmonia impera no living, integrado à cozinha (ao fundo), que recebe luz natural através do jardim interno. Na mistura do novo com o antigo, o sofá, a mesa de centro e as luminárias de estilo moderno convivem e conversam com a cadeira de balanço, herdada do pai do morador.


 

O telefone público sai das ruas e ganha espaço no apartamento do empresário de decoração Houssein Jarouche. O proprietário abusa da criatividade ao pendurar na sala um quadro feito com ripas de madeira e cartazes estilo lambe-lambe (Otavio Dias)


 

A sala colorida tem geladeira antiga azul, que traduz o espírito da dona da casa, uma artista plástica com espírito livre (Marcos Antonio)


 

Esta cadeira de barbeiro superantiga foi parar dentro de casa. Aqui, serve como uma cadeira normal.


 

Entre os dentes do garfo prendem-se recados. Já as curvaturas formadas nas hastes das colheres servem para pendurar toalhas. A dupla função valoriza o painel de madeira com pintura desgastada, produzido pela La Calle Florida. A peça fica presa no revestimento de parede de pedra ônix (Célia Weiss)


 

O minirefrigerador e a cadeira Panton míni são charmes extras do escritório improvisado. Latas de manteiga Aviação viraram porta-objetos (Brando Cimarosti)


 

O armário de madeira de demolição foi adaptado para receber um cooktop e a pia.


 

No quarto de hóspedes desta casa, uma caixa foi transformada em baú. Guarda a roupa de cama e o edredom dos visitantes e serve de criado-mudo.


 

Este palete de madeira (1 x 1,20 m) foi comprado sem acabamento nas imediações da Ceagesp, em São Paulo. Brins estampados revestiram inteiramente a peça.


 

Sabe aquela escada velha e cheia de tinta, prestes a ir para o lixo? Ela pode ser transformada em uma estante para livros.


 

Criado-baú: como o colchão fica no chão, é possível utilizar um baú, que é uma peça rasteira, como criado-mudo.


 

Refrigerador antigo é um charme. Desligue-o da tomada e mude seu uso. O aparelho pode se transformar num barzinho, como o da foto, e ainda reavivar histórias de família.


 

Direto da cozinha: este móvel nasceu como um guarda-comidas. Remoçou com pintura automotiva e hoje acomoda cosméticos num banheiro.


 

Alguns improvisos dão tão certo que acabam sendo definitivos. É o caso desta estrutura antiga de máquina de costura, transformada em base de mesa.


 

Na década de 1950, esta peça era uma geladeira. Hoje está no lavabo, onde guarda revistas. Projeto: Clélia Regina Angelo.


 

Guarda-roupa na sala pode? Claro! Este aqui, por exemplo, era usado para guardar enxoval. Hoje abriga louças - aliás, uma ótima função para esse tipo de móvel.


 

Aqui, com uma pequena adaptação, o antigo tripé de máquina fotográfica virou uma luminária moderna.


 

Um aparador ou uma mesa que estejam sem utilidade podem servir de bancada para lavabos. Vale procurar por modelos em feiras do tipo mercado de pulgas ou lojas de usados.


 

A geladeira Frigidaire antiga virou arquivo do ator Fernando Assis. Para dar um ar divertido, ele colocou uma coleção de pinguins sobre a peça.


 

Enquanto não está em uso, o antigo fogão a lenha esmaltado vira porta-tudo: apoia bandejas, caixas de chá, cestas de pão e latas de bolacha.


 

Criativa a solução de guardar parte da coleção de livros num carrinho de supermercado, deixando-o em plena sala, à vista de todos. Se aproveitar a dica, compre um novo. Caso contrário, a ideia pode se tornar desastrosa .


 

Esta cozinha cinza aberta para a sala é parte do projeto de um apartamento em São Paulo, reformado pelo designer de interiores Gustavo Jansen. O ar retrô do ambiente fica por conta das luminárias de Ingo Maurer, feitas com latinhas da famosa sopa Campbell's. Para se inspirar e pensar em novas possibilidades de reuso de materiais que iriam para o lixo.

Via RevistaCasaeJardim

 

Gostaram? =]

Beijo da nerd.

email

 

Deixa um comentário, vai? :)

 

3 Comments

 

  1. 11/07/2011  14:19 by Dani Responder

    Adorei Mah!! Muito lindo tudo!! E também to querendo um telefone desses pra minha casa...seu tio não tem nenhum sobrando n? Hehehehe

    bjim!!

  2. 11/07/2011  14:22 by Heidi Responder

    Aiii eu amei isso!

    Adoro coisas antigas (bem cara de casa de vó), mas também amo de paixão a decoração mais modernosa. Acho super lindo e xique quando temos um ambiente super moderno com elementos clássicos.

    Muito bom este post :D

  3. 15/01/2013  21:05 by Kha Rodrigues Responder

    Gostei das ideias especialmente o fogão esmaltado. #queroum... beijos

 

Seu e-mail não será publicado.